Cometer erros nas redes sociais da empresa pode ter consequências catastróficas. Alguns enganos podem ser resolvidos facilmente, mas outros podem diminuir o valor da marca e causar quedas de vendas ou prejuízos financeiros.

É por isso que, para crescer e subir de nível, uma companhia precisa ser impecável na sua comunicação com o público nas redes sociais.

Pensando nisso, nós listamos 5 erros comuns cometidos nas redes para que você possa evitá-los, protegendo a sua marca no processo. Continue lendo!

1. Subestimar a inteligência do público que segue nas redes

Um dos erros nas redes sociais mais graves que sua empresa pode cometer é subestimar a inteligência dos seus seguidores.

Muitas empresas costumam ver os fãs nas redes sociais como números e não como pessoas. Por isso mesmo, essas companhias postam conteúdo para “alimentar os números” em vez de se conectar com os seguidores.

Isso resulta em conteúdo pobre e sem valor para os fãs, que deixam de curtir a marca nas redes e passam a ter uma impressão negativa da empresa.

Por isso, nunca subestime a inteligência dos seus seguidores e sempre opte por conteúdo de qualidade e relevante para eles. Opte por conectar-se com as pessoas e não com os números.

2. Utilizar todas as redes sociais da mesma maneira

Basta uma olhada no Facebook e no Twitter, por exemplo, para notar como são duas redes sociais completamente diferentes. Isso sem falar no Instagram, Snapchat, Google+ ou Pinterest, por exemplo.

Cada rede social tem suas características e atrai não só um tipo diferente de público, como um comportamento diferente dessas pessoas. Faça um teste com você mesmo: seu comportamento é igual no Facebook ou no Twitter?

Portanto, não faz sentido uma empresa ter a mesma estratégia em todas as redes sociais. O Twitter pode funcionar melhor para a divulgação de links, por exemplo, enquanto o Facebook serve bem para promover discussões e fazer atendimento ao público.

Usar todas as redes da mesma forma passa a ideia de uma empresa que não se preocupa em aprender como conversar com as pessoas e que está usando essas plataformas apenas porque está “na moda”.

3. Não interagir com os clientes nas redes sociais

Antigamente, a publicidade funcionava como uma mídia de via única. A empresa produzia uma peça e exibia para o público, que assistia o comercial ou via o outdoor de maneira passiva.

As redes sociais mudaram isso drasticamente. A publicidade agora é diálogo: ao mesmo tempo que a empresa fala, o consumidor também tem voz para dizer o que quer.

Por isso, as companhias que não interagem com seus clientes nas redes sociais estão cometendo um erro grave ao desperdiçar essa oportunidade de criar uma conexão emocional maior com o consumidor.

Responder comentários de forma educada, curtir a publicação dos fãs e interagir com eles gera um vínculo emocional muito poderoso com o consumidor.

4. Não aprender com os erros nas redes sociais

Dizer que todo mundo comete erros é até um clichê, mas é verdade, afinal, todo mundo erra mesmo. Um dos maiores problemas que a sua empresa pode cometer, porém, é não aprender com os erros cometidos.

Quando se repete o mesmo engano duas ou três vezes, a disposição do consumidor para perdoar é muito menor. A marca passa a impressão de ser descuidada, relapsa ou até de ter uma qualidade ruim mesmo.

5. Deixar suas opiniões serem publicadas

Muitas empresas, especialmente as de pequeno porte, não têm uma equipe especializada em gerar as redes sociais. Esse trabalho acaba sob responsabilidade do dono ou de algum sócio, por exemplo.

O problema desse tipo de comportamento é que as opiniões dos donos da empresa podem ser publicadas como se fossem as opiniões da própria marca — o que é um problema sério.

Nem sempre todas as opiniões dos donos de uma empresa são compatíveis com o perfil de empresa que a marca quer criar. É importantíssimo lembrar que as redes sociais são da companhia e não dos responsáveis por gerenciá-la.

E você, já cometeu algum desses erros nas redes sociais da sua empresa? Curta nossa página no Facebook e siga nosso perfil no Twitter para participar dessa discussão com a gente!

 

Diego Kanaane

Consultor web.