Gerar leads pelas redes sociais não é uma tarefa simples como pode parecer. Diferentemente do que muito se pensa, de pouco (ou nada) basta criar um perfil em sites como Facebook e Twitter e buscar por interações desenfreadamente — práticas desse tipo costumam estar presentes em cases de fracasso.

Se você planeja colocar a sua empresa na internet e vê ― com razão ― as mídias sociais como uma possível ferramenta para engajar o público e conquistar novos leads, confira a seguir os 6 passos cruciais que determinarão o seu sucesso!

6 passos para gerar leads pelas redes sociais

1. Acerte na escolha da rede social

O primeiro passo é saber escolher a rede social com a qual vai trabalhar. A melhor alternativa sempre dependerá dos objetivos e do segmento do negócio, e não da quantidade de usuários que determinada rede tem.

Exemplo: o segmento de sua empresa é o B2B, ou seja, os clientes de sua empresa também são empresas? Então o LinkedIn tem um maior potencial de retorno em comparação às demais redes.

Uma boa sugestão é fazer estudos sobre o tipo de público que está mais presente em cada rede social e como ele se comporta: o que for mais adequado aos objetivos da empresa será a opção correta.

2. Realize sorteios para os seus seguidores

Quem não gosta de ganhar prêmios, não é mesmo? Tudo que for bom e de graça é bem-vindo. Por isso, divulgar sorteios é uma boa tática para gerar leads pelas redes sociais.

No entanto, pode surgir uma dúvida: sorteios não atrairão caçadores de brindes? A resposta é: sim, é bem provável. Mesmo assim, é uma ótima oportunidade para conseguir endereços de e-mail de compradores em potencial.

3. Use e abuse de call-to-actions

Nenhuma publicação ou ação terá relevância se o público não for guiado até o site da sua empresa e preencher um formulário. Muitas vezes, não é uma questão da qualidade do post, mas, sim, da falta de um call-to-action (CTA).

Os CTAs devem fazer parte de todos os elementos da página, afinal, o perfil da empresa nas redes sociais tem que ser usado como uma extensão do site oficial, com a função de atrair visitantes.

Em outras palavras, o propósito de criar uma conta em redes como LinkedIn, Facebook, Twitter ou Google Plus é criar oportunidades de conversão. Sem CTAs, é muito difícil que elas aconteçam.

4. Faça o monitoramento em todas as redes

Você está se preocupando com o que as pessoas dizem sobre a sua empresa? O seu interesse a respeito disso é fundamental para impedir que muitos leads escapem de suas mãos.

Utilize ferramentas ou serviços de monitoramento disponíveis para acompanhar menções ao seu negócio e termos relacionados a ele, o que estão falando sobre os concorrentes e muito mais.

5. Crie publicações atrativas ao público

Muitas companhias cometem o engano de achar que o público das mídias sociais está interessado em press releases ou conteúdos entediantes sobre quão admirável é a empresa.

Os seus seguidores querem uma solução para os seus problemas, uma razão para ver na empresa algo que possa mudar o seu dia. Portanto, baseie-se sempre no que seus futuros leads realmente desejam e esperam conseguir.

6. Utilize métricas de valor

Curtidas, compartilhamentos e comentários não podem ser considerados indicadores para o desempenho de suas estratégias, afinal, embora gerem certo entusiasmo, elas são apenas métricas de vaidade.

As métricas de valor são as visitas no site originadas da fan page, ou seja, elementos da página ou publicações que levaram pessoas a se interessarem pela empresa, visitarem o site e converterem-se em leads.

As suas ações devem ser contínuas e não eventuais

Gerar leads pelas redes sociais vai muito além de aplicar táticas isoladas. Por mais óbvio que pareça, é muito importante dar continuidade a todas as ações que vêm dando certo para que continue conquistando novos leads a cada dia.

Caso esteja com alguma dúvida ou queira opinar, deixe o seu comentário logo abaixo!

 

Diego Kanaane

Consultor web.