A simples presença nas redes sociais já não é mais tão interessante para as empresas hoje em dia. Se você quiser ter um alcance realmente efetivo entre seu público, uma excelente opção é investir em links patrocinados.

Isso porque o alcance orgânico nas redes já não é mais tão poderoso. Afinal, o Google, o Facebook e o Instagram, por exemplo, são empresas que precisam lucrar para sobreviver no mercado. E devido ao sucesso entre os consumidores em geral, passam a cobrar para garantir que todas as publicações sejam visualizadas pelos consumidores.

Além disso, a concorrência também aumenta a cada dia. Há empresas iniciando seus investimentos no marketing digital e dificultando que suas publicações sejam vistas, colocando a sua marca no meio de uma disputa acirrada.

Acompanhe este post e entenda por que investir em links patrocinados pode ser um ótimo negócio.

As vantagens dos links patrocinados

Apesar de o marketing de conteúdo ser uma estratégia que vem ganhando cada vez mais espaço nas ações online, não se pode negar que um investimento a curto prazo e com retorno garantido como o dos links patrocinados seja mais eficiente em algumas situações.

Trata-se de uma série de publicações promovidas pelo usuário, por meio de campanhas pagas disponibilizadas por redes sociais e buscadores, por exemplo.

Uma vez que você paga um determinado valor para que aquele conteúdo seja visto, o site contratado para exposição garante que ele será visualizado por quem interessa — detalhe que é definido no momento da criação da campanha.

O Google AdWords, por exemplo, utiliza as palavras-chave em seus anúncios para que eles sejam mostrados quando um usuário fizer uma pesquisa relacionada. Já o Facebook disponibiliza a postagem na timeline de seus seguidores e do público em potencial que ainda não curte sua página.

O ranqueamento de um anúncio pago

Para compreender a questão do ranqueamento, vamos usar o Google como exemplo. Imagine que você é dono de um serviço de manutenção de equipamentos eletrônicos. Ao comprar as palavras-chave “manutenção de eletrônicos” e definir um bom valor a ser pago por clique, seu anúncio aparecerá na primeira página do buscador em destaque.

Ou seja, seu produto será evidenciado sempre que um usuário demonstrar interesse pelo seu serviço. Assim, ele poderá clicar em seu link e obter mais informações sobre o que é oferecido por sua empresa.

A segmentação do público-alvo

Outro ponto extremamente importante e vantajoso para quem elabora os anúncios é a possibilidade da segmentação do público a ser impactado. Ao contrário da publicidade tradicional na TV ou no rádio, os links patrocinados permitem uma delimitação mais específica sobre quem será impactado pela publicação.

Portanto, após fazer uma pesquisa de mercado para compreender quem é o consumidor ideal de seu produto, você deverá construir a persona. São suas características que vão definir toda a segmentação.

Feito isso, é só direcionar o anúncio de acordo com os itens levantados: região em que mora, idade, sexo e interesses, por exemplo.

Custo-benefício da mídia paga

Por ser tão assertiva e garantir que o público impactado seja exclusivamente o de clientes em potencial, o uso de anúncios pagos no ambiente online tem um custo-benefício excelente. Em geral, o anunciante paga apenas pelo clique dado por internautas. Ou seja, caso o link não tenha sido relevante para o usuário, não haverá nenhum gasto.

Além disso, os anúncios são sempre relevantes e contextuais. Se você investe na mídia de display, por exemplo, terá seu produto sendo oferecido nos sites e blogs parceiros em que o tema central tem relação direta com sua mercadoria, atraindo ainda mais leads.

Se você ainda tem alguma dúvida sobre as vantagens dos links patrocinados e quer saber um pouco mais sobre o retorno desse investimento, deixe seu comentário no blog. Nossa equipe ficará feliz em ajudar!