Você sabe o que são chatbots? Apesar de parecer algo para um futuro distante, essa tecnologia está cada vez mais presente em nosso cotidiano.

Estamos acostumados com as centrais de atendimento tradicionais — uma gravação direciona e ajuda na solução de dúvidas e problemas. Mas não seria incrível poder conversar com um atendente virtual da mesma forma que fazemos com um humano? Com os chatbots, isso é possível!

Quer saber o que são e entender como eles funcionam? Então se prepare para imergir nessa incrível transformação digital.

O que são chatbots?

O termo chatbot deriva da união de duas palavras inglesas: chatter — pessoa que conversa — e robot — robô. Essa palavra foi criada por Michael Mauldin — desenvolvedor de robôs — e apresentada na Twelfth National Conference on Artificial Intelligence em 1994.

Nesse evento, foram mostrados para o mundo os robôs de conversação (chatbots). Ou seja, uma inteligência artificial que tenta representar um humano enquanto interage com as pessoas. Dessa forma, a comunicação com as máquinas fica muito mais amigável.

Como eles funcionam?

Vamos tentar entender essa tecnologia comparando-a com uma que já conhecemos: a assistente digital. Esse sistema foi desenvolvido para responder a perguntas previamente programadas.

Um exemplo é a Siri da Apple. Ela auxilia os usuários de iOS por meio do reconhecimento de voz nos mais diversos recursos que possui. A título de comparação, enquanto a Siri é uma atendente, os chatbots seriam como um representante da empresa.

Por meio dos dados do cliente com quem está interagindo, esse sistema tem a habilidade de oferecer um produto ou serviço de uma instituição.

Por exemplo: um chatbot de uma seguradora pode ofertar um desconto na franquia do segurado durante uma conversa após identificar que ele não mora em uma “área de risco” para roubo de carros.

A Google está desenvolvendo um chatbot que simula a maneira como os neurônios humanos funcionam. O objetivo desse projeto é construir um bot capaz de aprender e responder assuntos filosóficos. Dessa maneira, a grande corporação de tecnologia pretende dar um passo à frente e utilizar esse recurso em várias áreas humanas.

Quais são suas vantagens?

1. Maior proximidade com o cliente

Os recursos oferecidos pelos chatbots aproximam ainda mais o relacionamento da empresa com seus clientes. Algumas delas utilizam os bots do Facebook Mensenger para o atendimento ao consumidor.

O público dessas companhias consegue não só obter atualizações dos seus pedidos, como também interagir diretamente com o bot sobre devoluções, trocas e tomar conhecimento de outros produtos que estejam interessados.

2. Personalização da experiência do consumidor

Os chatbots utilizam ferramentas analíticas que avaliam dados de inúmeros usuários da internet — idade, gênero, rendimento familiar, nível de educação, estado civil etc.

Por isso, uma companhia consegue tornar seus bots mais inteligentes e encantar seus clientes por entregar-lhes uma experiência personalizada com produtos e serviços que os interessam.

3. Estratégias de marketing mais assertivas

Com um sistema de chatbot, a equipe de marketing da empresa pode tomar decisões importantes sobre que estratégias usarão para conquistar ainda mais seus consumidores.

Por meio do comportamento do seu público-alvo nas redes sociais, a empresa pode usar os bots para divulgar seus produtos e serviços de uma forma que não irrite seus clientes, fazendo assim um marketing digital eficiente.

Os chatbots estão em pleno desenvolvimento e estarão cada vez mais presentes em nossas vidas. Sendo assim, cabe a nós assistirmos essa evolução e usá-la da melhor forma possível em nosso dia a dia.

Agora que você chegou ao fim da sua leitura, já sabe melhor o que são chatbots? Então compartilhe este post nas suas redes sociais e deixe seus amigos por dentro do assunto!

 

Diego Kanaane

Consultor web.